Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \31\UTC 2009

amantes-constantes

“É inacreditavel a solidão no coração de cada homem”

Pensar é um ato solitário. Às vezes só você sabe o motivo de pensar isso e não aquilo. Porque no fundo, no fundo, só você sabe dizer  que o que você pensou é o  melhor para você. E essa talvez seja a maior solidão: não cabe a mais ninguém, além de você mesmo, tomar uma atitude e ter suas consequencias.

Mesmo assim, vez ou outra a gente conta para os outros o que pensamos, uma forma de nos sentirmos menos solitários. Arriscamos, corremos o risco de sermos incompreendidos e nos sentirmos mais solitários ainda.

Mas não tem jeito: na tentativa de entrar em contato temos que enfrentar os diferentes discursos.

“Posso não concordar com uma palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las” Voltaire

Anúncios

Read Full Post »

NYC

Estava pensando hoje, pela primeira vez eu vou viajar para um lugar que não tenho nenhuma ligação, que não sinto vontade de conhecer nenhum ponto turístico. Estou indo para lá porque, na verdade, eu iria em qualquer lugar que pudesse ver o Paul McCartney.

É engraçado isso, pois eu olho o guia e não tem nada além do show que me faça pensar “quero muito ir”. Mas claro, isso não significa que eu não possa ir e gostar de muitas coisas, sem dúvida. Só sinto certo estranhamento. É como se em todos os outros lugares do mundo que quero ir ainda eu sinta que vou para um lugar “that I can call home”, porque eles tem de fato algo a ver comigo, e nessa viagem não. Pode ser só uma impressão, mas estou indo me sentindo “sem lugar”.

Talvez tudo isso não passe de mera impressão, pré-conceito. Eu posso ir para lá e me encontrar no meio dos freaks. Who knows?!

Read Full Post »

you can bet that I’ll do for you 🙂

Read Full Post »

My speach

crianca

Amanhã eu tenho uma apresentação da minha Iniciação Científica. Medo!

Eu sei, fui eu quem escreveu, leu, etc, mas… Por que falar em público é tão terrível?

Eu gaguejo, respiro, me demoro no “é”, respiro.

Ta bom, eu vou.

Read Full Post »

Come and see

“All at once the ghosts come back
Reeling in you now
What if they came down crushing
Remember when I used to play for
All of the loneliness that nobody
Notice now”

Read Full Post »

– Eu percebo que ela fica…

– Não mãe, não é isso!

– Deixa eu falar, eu percebo que ela…

– Mãe, você não me percebe direito, é melhor não falar!

(risos)

Read Full Post »

… all the time.

radiohead_001810_1_mainpictureRadioheeeeeeeeeeead

Read Full Post »

Older Posts »